quinta-feira, 5 de maio de 2011

Porque o amor não se controla.


Eu estava quase desistindo e você chega sorrindo, me pedindo pra te amar.

Um comentário:

Nati disse...

Mas me diz, o que controlamos realmente? Nem a nossa mente. Beijo